Ajude a manter o blog

terça-feira, 19 de maio de 2009

A Biblia do diabo



O Códex Giga (livro gigante), ou a Bíblia do Diabo,
como é mais conhecido, é um manuscrito medieval, famoso por ser o maior e o mais misterioso manuscrito europeu conhecido. São várias as características da obra que chamam a atenção:
  • corre uma lenda de que o texto seria amaldiçoado;
  • seu autor seria um monge condenado que fez um pacto com o Diabo;
  • alega-se ter sido composto a partir da pele de 160 burros;
  • é tão grande que exige pelo menos duas pessoas para carregá-lo, pois tem três metros de comprimento e pesa aproximadamente 165 quilos;
  • contém uma combinação de textos única, não sendo conhecida nenhuma outra similar;
  • coloca, ao lado do Velho e do Novo Testamento, fórmulas encantatórias, sortilégios, imagens satânicas e feitiços demoníacos;
  • inclui fórmulas médicas e místicas para inúmeras situações, desde de tratar doenças infecciosas até como encontrar um ladrão;
  • contém duas imagens de página inteira: a Cidade Celestial; e, logo após, a do Diabo sozinho (daí sua designação alternativa), este fato realça sua curiosidade, pois não se conhece imagem parecida em nenhum outro livro.

O conteúdo do Códex

Além da Bíblia, o manuscrito contém cinco textos longos,
que foram cuidadosamente escolhidos, pois juntos forneciam informações sobre os todos os aspectos relevantes da vida na época: história judaica, representada por duas obras de Flavius Josephus; o conhecimento universal (Santo Isidoro de Sevilha); uma coleção de obras médicas; história local (Cosmas de Praga).

Três textos curtos,
versando sobre o arrependimento; o exorcismo de espíritos malignos; e um importante e curto Calendário.

Existe, também, um trabalho perdido,
em folhas que foram cortadas do manuscrito, que seria a Regula Benedicti (Regra de São Bento), um guia para a vida monástica, escrito no séc. VI, por Bento de Núrcia.



As imagens

A Cidade Celestial
está representada em camadas, cada uma com muitos edifícios e torres (provavelmente torres de igreja), atrás de paredes vermelhas (f.289v.). A Cidade Celestial está emoldurada por duas torres altas. A imagem parece ser um símbolo de esperança e salvação, contrastando com o retrato do Diabo.



Na página seguinte,
a figura do Diabo é representa e esta sequência parece ter sido deliberadamente planejada para mostrar as vantagens de uma vida boa e os inconvenientes de uma má.

A Cidade Celestial e o retrato do Diabo
são as únicas imagens em página inteira do Códex Giga

O retrato do Diabo,
é a mais famosa imagem do Códex Giga (f.290) e a causa do “apelido” do livro: o demônio da Bíblia.

A imagem representa o Diabo sozinho,
em uma paisagem vazia, emoldurado por duas grandes torres. Ele se mostra com os braços levantados, tem apenas quatro dedos nas mãos e pés, e usa um arminho que realça sua posição como o príncipe das trevas. A imagem recorda ao leitor o pecado e o mal.


Céu e terra
são as únicas representações literais da Bíblia do Diabo, através de duas imagens circulares (f.118v.), na abertura do Gênesis, ilustrando o início da Criação. Chama a atenção que na expressão “In Pincipio”, falta a letra “I”.

Imprima este post

2 Comentários:

Moshe disse...

Morro de vontade de conhecer um livro desses. Aonde e mesmo que esse livro esta??.

Toni disse...

Ele foi escrito no século 13 na região da Bohemia
Está na biblioteca Nacional em Praga

Postar um comentário

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO  

^